domingo, 28 de fevereiro de 2010

Google cria site para localização de desaparecidos no Chile


O Chile sofreu um terromoto de grandes proporções neste sábado, 27, e o Google já lançou uma ferramenta para auxiliar o país. Trata-se do site Chile Person Finder, no qual é possível pedir informação sobre alguém, postar fotos para facilitar sua busca e oferecer dados sobre o paradeiro de pessoas. Às 15h (de Brasília), o site já contava com 1,1 mil registros.

Um deles se referia a Carolina García Lino, uma boliviana de 28 anos que estuda botânica em Concepción, sobre a qual Erika García pedia informações. Yuri Galdames queria saber de Marcela Alejandra Palma López, de Talcahuano

Chile Person Finder

Fonte: Link do Estadão 27/02/10

Michelle Bachelet visita a região afetada pelo terremoto no Chile


Pelo menos 150 pessoas estão desaparecidas. O terremoto de 8,8 graus na Escala Richter atingiu o país na madrugada de sábado (27). Cerca de 100 pessoas estão presas nos escombros de um prédio

Fonte: Globo news "em cima da hora" 28/02/10

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Arnaldo Jabor fala sobre a morte de um dissidente de Cuba



O comentarista Arnaldo Jabor criticou a afirmação de Raúl Castro, que disse que o dissidente cubano morreu por causa dos EUA. Para ele, só as versões mentirosas ou demagógicas são verdadeiras

Fonte: Jornal da globo 24/02/10

Chip de papel identifica doenças e custa só R$ 0,01


George Whitesides, químico da Universidade de Harvard, criou o protótipo de um chip feito de papel que poderá ajudar a diagnosticar Aids, malária, tuberculose e outras doenças por apenas R$ 0,01, revelou nesta quinta-feira (25) a rede de TV CNN.

Uma gota de sangue pingada em um lado do chip resulta em uma imagem colorida na forma de uma árvore que revela aos médicos se a pessoa tem alguma doença.

Uma tinta à prova d’água usada em gibis ajuda a direcionar o sangue para que forme o padrão em árvore – para isso, várias camadas de papel tratado reagem com o sangue, criando cores reveladoras.

Whitesides disse que as cores também identificam a gravidade de uma doença. E que o chip pode se tornar em uma ferramenta barata de diagnósticos para países em desenvolvimento, que costumam ter falta de médicos e de clínicas.

Pacientes na África e na Ásia poderão tirar fotos do resultado de seus diagnósticos com o celular – aparelho que já se tornou popular até nas regiões mais pobres do mundo.

Depois, é só enviá-las para centros médicos para diagnósticos mais precisos.

Fonte: R7 26/02/10

Projeto de Desgoverno: Eterna Campanha






Charges: Lute , Sponholz e Tiago

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Virada da Saúde


Os Conselhos da Saúde do Estado de São Paulo vão realizar a VIRADA
DA SAÚDE, em defesa da empregabilidade e respeito às profissões da saúde. Será
um evento cultural no Parque do Ibirapuera, dia 27 de fevereiro de 2010, a partir das
14h, com a presença de artistas e convidados.
O objetivo desse evento é defender a dignidade e a autonomia das profissões
da saúde, manifestando contra o PL nº 7.703/2006 (ATO MÉDICO) e ensinando a
população a exercer a cidadania.

Entre no site www.atomediconao.com.br e e saiba mais

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Jurisprudência do TSE, que inclui contas de Lula, favorece Kassab


A depender da jurisprudência, deve ser revertida a decisão que determina a cassação dos diplomas do prefeito Gilberto Kassab (DEM) e de sua vice, Alda Marco Antonio (PMDB), na capital paulista. O entendimento utilizado pela Justiça Eleitoral de São Paulo para condenar o recebimento de doações consideradas vedadas já foi derrubado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em casos semelhantes, um deles envolvendo a prestação de contas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2006.

Cassado em SP, Kassab entra com recurso e obtém efeito suspensivo de decisão

A cassação do prefeito Gilberto Kassab (DEM) e de sua vice, Alda Marco Antônio (PMDB), foi decidida pelo juiz Aloisio Sérgio Rezende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, por doações irregulares na campanha às eleições de 2008. A defesa de Kassab, e de mais oito vereadores atingidos pela decisão, apresentou recurso e obteve efeito suspensivo. A sentença só vale na prática somente após análise das instâncias superiores da Justiça Eleitoral



Segundo levantamento feito pelo UOL Notícias, pelo menos 30 decisões do TSE seguem o que entendeu a Corte em 2006, quando aprovou as contas de campanha à reeleição à Presidência de Lula. Por quatro a três, o TSE considerou legítimas as doações feitas pelas empresas OAS, Caemi, CSN Tractebel e MBR, somando R$ 10 milhões, mesmo após pareceres técnicos que apontavam se tratar de concessionárias. O entendimento foi o de que se referiam a acionistas das empresas, e não concessionárias.

As contas do comitê financeiro do PT só não foram aprovadas por causa de uma doação de R$ 10 mil, da empresa Deicmar, operadora portuária em Santos (SP). A fonte foi considerada vedada pela Lei das Eleições, por ser concessionária ou permissionária do serviço público.

No caso de Kassab, o juiz da 1ª Zona Eleitoral de SP, Aloísio Sérgio Rezende Silveira, afirma que o prefeito e a vice receberam doações ilegais indiretamente via Comitê Financeiro Único dos Democratas, Diretório Nacional daquele partido e Banco Itaú. Os R$ 10 milhões recebidos representam 33,87% do total declarado na prestação de contas (R$ 29.788.531,56). O prefeito, que afirma que as doações foram legais, entrou com recurso e obteve efeito suspensivo da sentença.

Leia mais

Fonte: UOL 23/02/10
Charges: Pelicano e Cícero

sábado, 20 de fevereiro de 2010

receita de Sorvete de Inhame



Fonte: Globo Repórter 19/02/10

Sorvetes nascidos em laboratório não engordam e são deliciosos



Na busca por uma receita mais nutritiva e saudável, foram feitos vários testes e se chegou a um sorvete sem leite, feito de soja.

As receitas foram testadas no Laboratório de Nutrição e Saúde da Universidade Federal de Viçosa. E é fácil fazer.

O inhame cozido é batido no liquidificador. A nutricionista acrescentou coalhada feita em casa. É um excelente anti-inflamatório e ajuda no funcionamento intestinal. Se quiser simplificar, pode usar iogurte natural industrializado. Tudo é batido no liquidificador, junto com o leite condensado, que pode ser light.

O segredo para que fique no ponto certo é não bater muito, senão o inhame acaba engrossando. É para ficar igual a um purê.

O inhame é depurativo do sangue. A ação anti-inflamatória faz bem para pele e ajuda até no combate as celulites, que são inflamações nas células de gordura. É um sorvete turbinado!

“Você tem vitaminas do complexo B, você tem vitamina C, você também tem traços de vitamina E e um conjunto de outras substâncias naturais que você encontra no próprio inhame, como antioxidantes, que juntamente com as vitaminas e os outros componentes dessa preparação, auxiliam na prevenção de doenças crônicas, principalmente aquelas relacionadas ao stress”, explica a nutricionista Ana Vládia Bandeira Moreira, da UFV.

Mas um alerta: ele não é aconselhável para diabéticos, porque tem muito açúcar.

Fonte: Globo Repórter 19/02/10

Aprenda a fazer o sorvete de abóbora com abacate


Quem poderia imaginar que a combinação de abóbora com abacate daria um bom sorvete? Aprenda a preparar a receita do sorvete saudável que o Globo Repórter mostrou. As porções são todas para 15 pessoas.

Ingredientes


- 200g de abóbora
- 200g de abacate
- 400ml de leite
- 200ml de leite condensado
- 200ml de creme de leite
- 1 colher de sobremesa de emulsificante


Primeiro, cozinhe a abóbora. Em seguida, bata no liquidificador a abóbora cozida, o abacate com o leite e o leite condensado. Se você quiser fazer picolé, basta levar ao congelador.

Mas se preferir o sorvete cremoso, bata na batedeira o creme de leite gelado e o emulsificante. Junte as duas partes. Ponha em um recipiente de plástico e leve ao congelador. Deixe de um dia para o outro, no mínimo, por quatro horas. Antes de servir deixe um tempo fora do congelador.

No sorvete de abóbora com abacate o leite condensado também pode ser substituído pelo leite condensado light, e o kefir pode ser feito com leite de soja.

Um detalhe: nessa receita do sorvete de abobora e abacate, foi reduzida a quantidade de emulsificante. Esse produto normalmente é usado para fazer o sorvete, porque dá aquela textura de creme. A metade vai ser colocada e substituída por gel de linhaça.

Os ingredientes para preparar o gel são duas colheres de grãos de linhaça e um copo de água filtrada 250 ml.

Cozinhe os grãos de linhaça por aproximadamente 15 minutos. Vai se formar o gel, que deve ser separado com ajuda de uma concha ou de uma peneira. Em vez de duas colheres de emulsificante, que é um produto industrializado, você vai usar apenas uma colher e completar com o gel de linhaça.

Pronto: aí está uma forma saudável e refrescante de encarar o calor.

Modo de preparo


Leite condensado diet

Se você está preocupado com o peso, não tem problema. Anote a receita do sorvete de inhame em versão diet, sem açúcar. Basta substituir o leite condensado comum pelo diet.

Ingredientes

- 1 xícara de chá de leite desnatado em pó;
- ½ xícara de chá de água fervente;
- ½ xícara de chá de adoçante dietético para uso culinário;
- 1 colher de sopa de margarina light.

Ponha todos os ingredientes no liquidificador e bata de cinco a 10 minutos, até obter um creme homogêneo. Conserve na geladeira antes de utilizar.

Fonte: Globo Repórter 19/02/10

Cultura de Parasitas





Charges: Nani, Pelicano e Aroeira

Carga Tributária



Charge: Amarildo

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Protesto a favor de pena de morte para gays reúne milhares em Uganda

video

Milhares de pessoas se manifestaram na cidade de Jinja, em Uganda, em apoio ao projeto de lei contra os homossexuais que tramita no Parlamento de Kampala, o qual prevê até pena de morte para o "homossexualismo agravado".

O protesto, organizado pelo Movimento Internacional contra o Homossexualismo em Uganda, reuniu entre 25 mil e 30 mil pessoas a cerca de 75 quilômetros de Kampala. Na capital do país, no entanto, a polícia proibiu uma passeata convocada com o mesmo propósito.

O pastor Martin Sempa liderou a manifestação, que foi pacífica e na qual os participantes carregavam cartazes com frases como "Não à sodomia, sim à família" ou "Dizemos não aos homossexuais, o homossexualismo deve ser abolido".

Sempa, líder do movimento contra os gays em Uganda, disse à multidão presente no protesto que tinha recebido uma mensagem da polícia para que adiasse a manifestação em Kampala. Entretanto, ele afirmou que se reuniria com altos funcionários da área de segurança para realizar a manifestação.

O governo de Kampala teme manifestações grandes na cidade devido aos distúrbios ocorridos em ocasiões anteriores. Kale Kayihura, inspetor geral da polícia ugandense, afirmou aos jornalistas que "o adiamento da manifestação foi solicitado porque o governo tem alguns assuntos a especificar sobre o projeto de lei".

Leia também: Lei que prevê morte para gays em Uganda pode gerar 'efeito dominó' na África


Fonte: G1 16/02/10

Quando a gente pensa que as mentes estão evoluindo, com diversos países criando leis contra a discriminação de homossexuais...., aparece esse sujeito que se diz pastor e se acha no direito de julgar e matar quem não corresponde aos seus padrões morais de "família". Será que esse "omenzinho" (é sem agá mesmo)não sabe que ser cristão é amar ao próximo? Africanos fundamentalistas, por favor leiam o Novo Testamento, a Boa Nova Mensagem de Cristo e não as antigas leis de olhol por olho e dente por dente,que foram criadas porque as pessoas na época eram rudes, insensíveis e selvagens. Pessoas, Hellou! estamos no sec. 21!!!!!!!

Deslizamentos de terra ameaçam vilarejos na Itália



Fonte: Jornal Hoje 16/02/10

Marchinhas de carnaval cantadas por Raul Seixas e Wanderléia



Fonte: Youtube

Politicarnaval



Fonte: Charges

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Tem muita gente com medo que a moda pegue



Tem gente até dormindo em motéis com medo de ser pego em flagrante pela Polícia federal! Ai que "mêda"!

Charge: Sponholz

E o Arruda na cela...





Charges: Sponholz

Drica Moraes está com leucemia, confirma empresária da atriz


A atriz Drica Moraes, de 40 anos, teve confirmado o diagnóstico de leucemia, segundo informou sua empresária, Fernanda Ribbas.

A atriz foi internada na noite de quarta-feira (10) no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, e não tem previsão de alta.

Segundo a assessoria da artista, ela deu entrada na unidade após passar mal, e foi submetida a uma série de exames. Ela teria descoberto a doença recentemente.

Atualmente no ar no papel de Olívia, de "Alma Gêmea", da TV Globo, Drica Moraes também atuou em outras novelas como "Top Model", "Chocolate com Pimenta", "O Cravo e a Rosa", "Era uma Vez" e "Pé na Jaca". No cinema, um dos seus últimos trabalhos foi em “Os Normais 2”, de 2009, do cineasta José Alvarenga Jr.

Fonte: G1 12/02/10

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Mais um Ditador...


A verdadeira psicose de dominar a mídia não é mais privilégio de um bloco lulista no Brasil ou de Hugo Chávez, na Venezuela, que agora lançou um programa de rádio que lhe permite entrar no ar à qualquer hora do dia: agora, também o primeiro-ministro português José Sócrates está sendo acusado no Parlamento Europeu de censurar e tentar controlar os veículos. Há ainda casos de jornalistas demitidos, silenciados ou que tiveram suas matérias suprimidas.

Fonte: Giba Um 11/02/10
Charge:wehavekaosinthegarden

Interdições prejudicam cinco rodovias paulistas às vésperas do Carnaval



Cinco estradas estaduais paulistas estão com trechos totalmente interditados ao trânsito às vésperas do feriado de carnaval - período em que até 2 milhões de veículos devem deixar a capital, conforme estimativa da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

As cinco estradas estaduais fechadas nos dois sentidos são as seguintes: SP-249 (Alfredo de Oliveira Carvalho), interditada desde o dia 4 no quilômetro 179, em Taguaí, por causa de uma queda de barreira; SP-304 (Geraldo de Barros), fechada no quilômetro 210, em São Pedro, pelo mesmo motivo, cujo trânsito será desviado para uma estrada de terra; SP-147 (Lázaro Cordeiro de Campos), no quilômetro 256, em Bofete, onde uma ponte caiu; SP-312 (Estradas dos Romeiros), no quilômetro 87, em Itu, tomada por queda de barreiras e árvores; e a SP-29, em Itapevi, Grande São Paulo, no acesso para a Rodovia Castelo Branco, onde as obras de reparo de um aterro que deslizou devem durar até 60 dias.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, além dos trechos bloqueados, há cerca de 96 pontos de 53 rodovias que apresentam interferências menores de tráfego, como erosões, solapamentos e desvios, por causa das fortes chuvas de janeiro.

Em duas das principais federais que passam por São Paulo - Via Dutra e Régis Bittencourt - os motoristas também deparam-se também com desvios por causa de interdições e obras. Além da Régis, em Barra do Turvo, há dificuldades no quilômetro 197 da Dutra, em Arujá, na Grande São Paulo. Não há previsão de reabertura desse trecho.

Ponte sobre o Rio Paraitinga, na altura do km 44 da Rodovia Oswaldo Cruz, foi danificada pela chuva.(Foto: Lucas Lacaz/AE)

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que as rodovias que dão acesso ao litoral norte, como a Mogi-Bertioga e a Osvaldo Cruz, muito castigadas pelas chuvas, estão passando por obras, mas não há grandes interferências no trânsito.

O motorista deve prestar atenção, no entanto, nos desvios para pistas auxiliares. Na Mogi-Bertioga, um deles está localizado no quilômetro 88 e outro, no quilômetro 89. Na Osvaldo Cruz, no quilômetro 54,5 e no quilômetro 51,6, sendo que essa estrada ainda tem pelo menos mais oito problemas de erosão e solapamentos na região de São Luiz do Paraitinga. A Rodovia dos Tamoios já foi reparada.

A Polícia Rodoviária Estadual prepara um esquema especial a partir de sexta-feira para a descida dos motoristas ao litoral. Segundo o tenente Luciano Tirelli, 250 policiais em 78 viaturas farão o policiamento na região. Equipes vão ficar de plantão, por exemplo, no quilômetro 18 e no quilômetro 28 da Rodovia dos Tamoios, onde os congestionamentos são comuns, para evitar roubos a motoristas. "Vamos ter blitze com bafômetros ao longo das estradas", acrescenta ele.

Fonte: Agência Estado - IG 11/02/10
Charge: humortadela

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Preço do combustível fresquinho




Charge: Pelicano e Sponholz

Negócio fechado e bem amarradinho

Quem pensa que Lula, ao querer comprar os aviões franceses, modelo Rafale sem saber do que se tratava, esqueça, porque ele mesmo fez os testes necessários, veja abaixo Lula e Tarso Genro pilotando os aviões.



Após o teste-vôo,Luís 51 provou e aprovou a tecnologia avançada dos Rafale e decretou então a compra imediata dos aviões franceses. Mesmo com a Aeronáutica entregando um relatório contrário a sua vontade, o grande imperador disse que sua vontade era uma ordem! porque como ele não teve carrinhos para brincar na infância, então o tempo perdido seria resgatado com suas proezas pelos ares, e quem, a não ser Lula, tem tanta experiência em Voo?



Por fim, o acerto final foi no preço, Lula disse que tudo o que é mais caro é melhor, mas que um descontinho sempre vai bem. Os companheiros franceses então ofereceram um desconto esperto. Dos US$ 8,2 bilhões (R$ 15,1 bilhões) iniciais, o contrato ficaria em US$ 6,2 bilhões (R$ 11,4 bilhões)



Charges: Sponholz e Guto Cassiano

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Espantosa insensibilidade



Editorial do Jornal O Estado de São Paulo

O mínimo que se pode dizer de duas medidas adotadas pela Prefeitura da capital, que afetam diretamente pessoas carentes - uma que fecha albergues no centro e vem sendo implementada aos poucos desde 2008, e outra que corta merenda para crianças, esta mais recente -, é que causam espanto, tamanha a insensibilidade dos responsáveis por elas. Dois albergues já foram fechados - o Jacareí, antigo Cirineu, com 400 vagas, e o Glicério, ou São Francisco, com 300 vagas - e outros dois deverão ter o mesmo destino, o que representa a eliminação de mais de mil leitos para necessitados na região central.

No ano passado, quando começaram a se avolumar as críticas a essa medida, a vice-prefeita e secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Alda Marco Antônio, alegou que, com exceção de 720 pessoas com mais de 65 anos - que deveriam ser encaminhadas para imóveis da Prefeitura, onde teriam assistência médica -, 3.280 albergados não tinham necessidade desse tipo de abrigo. Essas 4 mil pessoas eram metade da população dos albergues. Em defesa do que chamou de reforma do sistema de albergues, afirmou ela que "tem muita gente que ganha R$ 1 mil e continua morando nos albergues por comodismo. Ficam três, quatro anos". A reforma, segundo seus assessores informaram então, baseava-se na inclusão dos moradores de rua em programas sociais para possibilitar sua reinserção social; no oferecimento de passagens aos que desejassem voltar para suas cidades de origem; e na transferência dos idosos para hotéis especialmente preparados para recebê-los.

Segundo os críticos da pretendida reforma, o verdadeiro objetivo da Prefeitura é forçar a ida dos que não têm onde morar para a periferia - se necessário transferindo albergues para lá - a fim de "limpar" o centro. Se era esse mesmo o objetivo, ele não está sendo atingido, como mostra reportagem do Estado. Aquelas pessoas carentes preferem dormir ao relento no centro e em bairros próximos do que ir para regiões distantes.

Como explica uma delas, "a segurança (na periferia) é ruim, não tem atendimento de saúde e falta lugar para vender lixo ou papelão". Daí o crescimento da população de rua em locais como a Avenida Duque de Caxias, a Praça da República, o Largo do Arouche e a Avenida Paulista. "Depois que encerraram os serviços dos albergues, apareceu um monte de morador de rua por aqui. Regiões onde não havia tantos mendigos, como a Alameda Santos e o vão do Masp, agora estão lotadas", diz a diretora da Associação Paulista Viva, Marli Lemos.

O máximo que se conseguiu com essa política infeliz foi tirar dessa população carente um dos pouquíssimos amparos que tinha - o de um teto e um leito para os momentos de maior aperto, principalmente no inverno. Quando começou a reforma do sistema de albergues, o Movimento Nacional de Assistência à População de Rua criticou a secretária Alda Marco Antônio, dizendo que ela não dispunha de estudos que lhe permitissem afirmar, como fizera, que metade da população dos albergues poderia e deveria ser removida. Bom senso e uma boa dose de sensibilidade às agruras dessa população, que não devem faltar aos administradores públicos, teriam bastado para evitar essa desastrada tentativa de "reforma".

Certamente foi a falta desses mesmos ingredientes que levou a Prefeitura a cortar, a partir de 1º de janeiro, a entrega de merenda para entidades que atendem crianças e adolescentes órfãos ou em situação de risco, como informou o jornal Folha de S.Paulo. Nos abrigos dessas entidades, os mantimentos fornecidos pelo governo municipal constituíam a base das cinco refeições diárias oferecidas às crianças. Para substituí-los, estão sendo repassados R$ 2.289,00 por mês a entidades que dão assistência, em média, a 20 jovens. Com isso, cada criança tem R$ 3,80 por dia para fazer cinco refeições, uma proeza impossível. Diz a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social que vai rever esse valor. Se vai rever, é porque admite que errou.

Infelizmente, o governo municipal não percebeu ainda que deve ter um cuidado especial para não errar com moradores de rua e órfãos.

Fonte: Estadão 06/02/10

Poder Executivo deve ultrapassar 100 mil novos cargos no governo Lula



Quando chegar ao fim de seu segundo mandato, em dezembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva terá contratado cerca de 100 mil pessoas apenas para o Poder Executivo. É um exército de auditores, pesquisadores, analistas, advogados, professores, entre outros profissionais, que começaram a trabalhar nos diversos órgãos do governo nos últimos oito anos.

Para ter uma ideia da dimensão desse contingente, corresponde a mais de duas vezes o quadro de 45 mil funcionários da mineradora Vale, segunda maior empresa brasileira. Também é praticamente igual aos 110 mil empregos gerados por todas as montadoras de carros instaladas no Brasil.

Dados do Ministério do Planejamento mostram que, entre dezembro de 2002 e outubro de 2009, aumentou em 63.270 o número de servidores públicos civis, para 549 mil. O valor exclui aqueles que substituíram funcionários aposentados. O Orçamento autoriza a criação de mais 46.151 vagas este ano, mas o governo não costuma utilizar tudo que está previsto. Como 2010 é ano eleitoral, os concursos só ocorrem até junho.

As contratações de Lula praticamente compensaram o enxugamento feito no governo anterior e reverteram uma política de corte de funcionários públicos iniciada em 1990. Com mais folga no Orçamento, graças ao crescimento da economia e à reforma da Previdência de 2003, o Executivo tem hoje o mesmo número de servidores que em 1997.

Fonte: Estadao 06/02/10

Pandora: ex-presidente da OAB sob escolta


A ex-presidente da OAB-DF Estefânia Viveiros, que liderou iniciativas contra os denunciados pela Operação Caixa de Pandora, da Policia Federal, está sob a proteção de seguranças, em Brasília.

Ela se sentiu ameaçada após circular a montagem grosseira de uma foto dela, retirada da revista da OAB, colada em uma imagem de Durval Barbosa, o delator do esquema. Ela denunciou a falsificação à Policia Federal.

Estefânia Viveiros pediu à Justiça que os deputados distritais sob suspeita fossem impedidos de investigar eles próprios.

Na presidência da OAB-DF, concluída em janeiro, Estefânia Viveiros liderou um movimento para “limpar Brasília de políticos corruptos”.

A PF investiga a origem da montagem fotográfica e a ligação entre seus autores com denunciados pela Operação Caixa de Pandora

Fonte: Claudio Humberto

O Haiti é Aqui



Fonte:Bom Dia Brasil 08/02/10

Amissíssimo "Meretríssimo"



Charge: Sponholz

Solidariedade para os outros



Fonte; Charges 28/01/10

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

A cubana Yoani Sanches foi espancada durante 20 minutos


DE MULETAS
Yoani Sánchez, em casa, depois de ser agredida:
"Durante vinte minutos, nos espancaram sem parar"


Direitos humanos

"Eu achei que não sairia viva"
Quem vê a cubana Yoani Sánchez, blogueira conhecida por driblar a censura, automaticamente se contrai só de pensar no sofrimento a que seu corpo frágil, de apenas 49 quilos, foi submetido enquanto era surrada por três brutamontes dentro de um carro.

Na tarde da sexta-feira 6, Yoani estava a caminho de uma quase impossível manifestação de protesto em Havana quando foi atacada por agentes da polícia política.

Sofreu ameaças e espancamentos antes de ser jogada na calçada de um bairro longínquo. Yoani escreve há dois anos sobre as dificuldades de viver na ilha no blog Generación Y (www.desdecuba.com/generaciony) e é autora do livro De Cuba, com Carinho (Contexto).

Vive sob vigilância, mas nunca havia sido fisicamente atacada. Aqui, ela descreve o ocorrido com exclusividade para VEJA e, com a habitual coragem, manda um recado ao "general" – Raúl Castro.

De muletas, sequela do espancamento que a imobilizou em casa, pediu a uma amiga que levasse o relato em um pen drive até um ponto de acesso à internet para enviá-lo por e-mail.

"Não era uma sexta-feira qualquer. As comemorações do vigésimo aniversário da queda do Muro de Berlim se aproximavam e um grupo de jovens artistas cubanos planejava uma passeata contra a violência naquele dia.

A tarde era cinza em uma cidade onde quase sempre brilha um sol inclemente, que nos faz caminhar colados às paredes para nos beneficiarmos da sombra.

Estavam comigo Claudia Cadelo e Orlando Luís Pardo, dois autores de blogs que recebem milhares de visitas a cada semana.

Enquanto andávamos, contei a eles sobre uma desconhecida que, dias antes, havia se aproximado e me perguntado: "Você não tem medo?", em referência, claro, ao fato de que digo livremente minhas opiniões em um país onde o governo detém o monopólio da verdade.

Meus amigos sorriram quando narrei a eles a resposta que dei à transeunte angustiada: "Meu maior temor é ter de viver com medo".

Não imaginava que em poucos minutos eu viveria o terror de um sequestro e enxergaria o rosto da impunidade policial em sua forma mais dura.

Eu caminhava pela Avenida dos Presidentes, em Havana, com a intenção de participar da demonstração pacifista convocada pelos jovens.

À altura da Rua 29, a uns 300 metros de onde estavam os manifestantes, um carro da marca Geely, de fabricação chinesa, cor preta e placa amarela, de uso privado, parou diante de nós.

Três homens em trajes civis nos mandaram entrar no automóvel. Não se identificaram nem mostraram um mandado de prisão.

Eu me recusei a obedecer. Disse que, como não tinham ordem judicial, seria um sequestro.

Depois de uma breve discussão, um deles chamou alguém pelo celular, pedindo orientações. Imediatamente, os três começaram a nos tratar com violência para que entrássemos no carro.

Enquanto nos empurravam, os homens do automóvel negro usaram o celular outra vez e uma viatura da polícia se aproximou.

Pensei que os policiais nos salvariam. Pedi ajuda a eles, explicando que estávamos sendo atacados por supostos sequestradores.

Os homens que estavam à paisana então deram ordens aos policiais para levar Claudia Cadelo e outra amiga que estava conosco.

Eles obedeceram e ignoraram o pedido de ajuda que eu e Orlando fazíamos.

As pessoas que observavam a cena foram impedidas de prestar ajuda, com uma frase que resumia todo o pano de fundo ideológico da cena: "Não se metam. Eles são contrarrevolucionários".

Fazendo uso de toda a força física e de um evidente conhecimento de artes marciais para nos dominar, obrigaram-nos a entrar no carro.

Comigo empregaram especial violência, enfiando-me de cabeça para baixo e me mantendo imobilizada com um joelho sobre o peito.

Dentro do veículo e durante cerca vinte minutos, os sequestradores nos espancararam sem parar.

Frases de mau presságio saíam da boca daqueles três profissionais da intimidação:

"Yoani, isso é o seu fim", "Você não vai mais fazer palhaçadas", ou "Acabou a brincadeira".

Achei que não sairia viva. Tentei escapar pela porta, mas não havia maçaneta para acionar. A certa altura, o carro parou. Eu já tinha perdido a noção do tempo. Do lado de fora, caía a noite.

Finalmente, ambos fomos jogados em plena via pública, longe do lugar onde se realizava a passeata contra a violência.

Por causa dos golpes desferidos por esses profissionais da repressão, estou com a face esquerda inflamada. Tenho contusões na cabeça, nas pernas, nos glúteos e nos braços, além de uma forte dor na coluna, que me obriga a caminhar com muletas.

Na noite de 7 de novembro, um sábado, fiz uma consulta médica, mas não quiseram redigir um exame de corpo de delito sobre os maus-tratos físicos.

A médica teve de me atender na presença de um funcionário que estava ali apenas para me vigiar. Uma radiografia mostrou que não havia traumas internos, apesar dos sinais exteriores das pancadas.

Recebi apenas algumas recomendações para minha recuperação.

Eu já me sinto fisicamente melhor e desde sexta-feira tenho uma ideia constante.


As autoridades cubanas acabam de compreender que, para silenciar uma blogueira, não podem usar os mesmos métodos com os quais conseguiram calar tantos jornalistas.

Ninguém pode despedir os impertinentes da web nem lhes prometer umas semanas na Praia de Varadero ou presenteá-los com um Lada.

Muito menos podem ser cooptados com uma viagem para o Leste Europeu. Para calar um blogueiro, é preciso eliminá-lo ou intimidá-lo.

Essa equação já começou a ser entendida pelo estado, pelo partido e pelo general.

Fonte: Veja

Fernando Morais escreve livro sobre espiões cubanos


Fernando Morais está escrevendo Furacão sobre a Florida, um livro sobre 15 espiões cubanos (desses, duas eram mulheres) que Fidel Castro conseguiu infiltrar nos grupos de direita de Miami entre 1990 e 1998, quando a rede foi destruída pelo FBI.

Entre eles, havia até um cartunista que trabalhava no Miami Herald. No meio dos informes que eles mandavam para Havana, há um capítulo especial que revela que Fidel e Bill Clinton trocavam correspondências. E quem levava e trazia era Gabriel Garcia Márquez.

Fonte: Giba UM 04/02/10

Avatarapá e avatarajé



Fonte: Humortadela

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Arnaldo Jabor fala sobre o polêmico discurso de Arruda

src="http://video.globo.com/Portal/videos/cda/player/player.swf">

O comentarista Arnaldo Jabor afirmou que o discurso de Arruda é um momento importante na história do país. Para ele, o governador escolheu o cinismo absoluto e está dando certo para ele.

Fonte: Jornal da Globo 02/02/10

Aliado de Arruda vence eleição na Câmara do DF



Fonte: Jornal Nacional 02/02/10

Defesa Civil só existe de fato em menos de 20% das cidades do Brasil


Dos mais de 5,5 mil municípios brasileiros, menos de 20% têm de fato uma equipe de Defesa Civil preparada para lidar com desastres naturais, como deslizamentos, enchentes e secas, segundo estimativa da Secretaria Nacional de Defesa Civil.

Oficialmente, a Defesa Civil está presente em cerca de quatro mil cidades. Contudo, de acordo com a secretária Nacional de Defesa Civil, Ivone Valente, em aproximadamente três mil delas o departamento existe "apenas no papel".

"Cada prefeito decide se quer ou não criar o departamento. Alguns têm a consciência da importância, mas não é obrigatório", diz.

Segundo ela, com a possibilidade de aumento de desastres naturais, sobretudo em conseqüência das mudanças climáticas, seria "ideal" que cada município tivesse "uma estrutura mínima, pelo menos".

"Alguns prefeitos não vêem necessidade em investir na Defesa Civil por não terem grande incidência de desastres. Mas o clima está mudando", diz.

Uma das principais funções da Defesa Civil, diz a secretária, é mapear riscos e sugerir ações de correção, e não apenas oferecer socorro emergencial.

"O departamento sabe onde estão as ameaças. Se não tiver ninguém para demandar, para colocar o assunto na pauta do gestor, a solução vai demorar ainda mais para chegar."

Uma das propostas da Secretaria é que as Defesas Civis de todo o país sigam algum tipo de padronização. O assunto deve ser encaminhado para avaliação do Congresso Nacional até o mês de abril.

Pelas regras atuais, cada prefeito ou governador decide se institui ou não o departamento e como ele será estruturado.

Fonte: BBC Brasil 03/02/10

'Máquina do Big Bang' pode revelar partícula misteriosa


GENEBRA - Cientistas que operam o acelerador de partículas da Organização Europeia de Pesquisa Nuclear (Cern, na sigla em inglês) podem resolver o mistério sobre o que dá massa à matéria, durante uma atividade de quase dois anos ininterruptos que irá até o fim de 2011, disse um porta-voz nesta quarta-feira.

James Gillies informou à Reuters que a partícula chamada bóson de Higgs pode aparecer durante a experiência na chamada "máquina do Big Bang", maior e mais caro equipamento científico do mundo, que será religado neste mês.

"Se ele estiver lá, teremos uma chance razoável de vê-lo", disse Gillies, referindo-se à partícula subatômica que o físico escocês Peter Higgs previu há três décadas que poderia explicar como a matéria se juntou para criar o universo e tudo que o compõe.

Gillies disse que a operação do Grande Colisor de Hádrons (LHC), que pertence à Cern e está instalada sob a fronteira franco-suíça, perto de Genebra, irá produzir uma enorme quantidade de informações.

Se o bóson de Higgs não aparecer, não quer dizer que ele não exista. Após a primeira fase de operação estendida e um ano de paralisação para preparativos, o LHC voltará a ser ligado novamente com sua energia máxima.

"Pode ser que precisemos dessa intensidade para capturá-lo", acrescentou Gillies.

O LHC foi ligado inicialmente em setembro de 2008, mas teve de parar por causa de uma violenta explosão dentro do túnel circular subterrâneo de 27 quilômetros. O foco do equipamento é a colisão de partículas que se deslocam em sentidos contrários com grande energia.

Fonte: Reuters 03/02/10

Ladrão à casa torna



Uma funcionária que afanou R$ 25 mil da embaixada em Berlim, conforme apurou o TCU, voltou a Brasília com alto cargo no Itamaraty.

Fonte: Claudio Humberto
Charge: Guto Cassiano

Explode Coração !



Charge: Nani

Lula ignora TCU e dá Verbas para Obras sob Suspeita


Na semana passada, o presidente Lula mandou incluir no Orçamento da União, na marra, empreendimentos que estavam com recursos bloqueados devido a irregularidades, de acordo com o TCU. Tudo coisinha miúda, como superfaturamento e sobrepreço. O governo tergiversa para transformar decisões técnicas e legítimas do TCU em tentativas de “barrar o crescimento do Brasil”.

É o velho discurso do “nós, os bons, contra eles, os maus”, uma tentativa reiterada de dividir o país ao meio que o PT já deixou claro que buscará impor às eleições deste ano. Leia mais no Pauta em Ponto onde são publicados subsídios para o discurso e a mobilização da oposição.

Fonte: Blog de Álvaro Dias 02/01/10
Charge: Nani