quinta-feira, 14 de maio de 2009

Tentou matar o papa. E quer virar cristão


Agca Mehmet Ali Agca, o homem que tentou assassinar o papa João Paulo II, em 1981, quer se batizar cristão na Praça de São Pedro, em Roma. Durante entrevista ao jornal italiano La Repubblica, ele afirmou que, apesar de ser muçulmano, com o passar dos anos se aproximou dos ensinamentos católicos. Mais: disse que gostaria de se converter no local onde tentou matar o pontífice. Depois de ter passado 19 anos na cadeia na Itália, há dois anos Agca está preso na Turquia.

O criminoso,que foi integrante do grupo terrorista turco Lobos Cinzentos, sairá da prisão em 2010, disse se recordar de Karol Wojtyla (nome de João Paulo II) como “um ser humano muito respeitável e de bom coração”, a quem gostaria de “render homenagem” ajoelhado na frente de seu túmulo.

Agca também revelou ter procurado o governo de Portugal para obter a cidadania portuguesa. “Em Fátima, há uma estátua da Virgem muito querida por Wojtyla. O papa Ratzinger (nome do papa Bento XVI) também me explicou que o atentado (contra João Paulo II, ocorrido em 13 de maio, quando se celebra a Virgem de Fátima), era o famoso terceiro segredo, deixado pela Virgem a três crianças, em Portugal.

“Por isso, escolhi aquele país como nova pátria”, disse. Após se recuperar do atentado, João Paulo II chegou a visitar Agca na cadeia, onde o perdoou .

Fonte: Jornal da Tarde 14/95/09

2 comentários:

Reggi* disse...

Oii!
vim fazer uma visita pra você ! *-*
adorei o seu blog..
nossa o cara mudou mesmo eiin.. tentou matar o papa e agora quer ser cristão? só por deus.. rs..rs..
beijããoo ! =**

Reggi* disse...

Oii!
vim fazer uma visita pra você ! *-*
adorei o seu blog..
nossa o cara mudou mesmo eiin.. tentou matar o papa e agora quer ser cristão? só por deus.. rs..rs..
beijããoo ! =**